terça-feira, 31 de maio de 2011

Lady Susan - Carta 34 em Português

Sr. De Courcy a Lady Susan 

Hotel 

Escrevo apenas para dar o adeus. O feitiço foi removido; vejo você como você é. 
Desde que nos separamos ontem, tenho recebido de uma autoridade incontestável, tal história a seu respeito que deve levar a mais mortificante convicção do engano a qual fui submetido, e da necessidade absoluta de uma separação imediata e eterna de você. 
Você não deve ter dúvidas a respeito do que me refiro. Langford! Langford! Essa palavra será suficiente. Recebi as minhas informações na casa do Sr. Johnson, da própria Sra. Mainwaring. 
Você sabe como eu amei você, e pode intimamente julgar meus atuais sentimentos. Mas eu não sou tão débil de encontrar prazer em descrevê-los a uma mulher que se sente gloriosa em aguçar minhas angustias, mas cujo afeto nunca fui capaz de ganhar. 
R. de Courcy


Autora: Jane Austen
Tradução de: Bruna Tavares

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Lady Susan - Carta 33 em Português

Lady Susan à Sra. Johnson
Upper Street Seymour.



Essa explicação é bastante aborrecedora. Que azar você ter saído de casa! Eu estava certa de que você estaria em casa às sete. Contudo, não estou desanimada. Não se atormente com temores a meu respeito. Esteja certa disso, eu posso tornar minha história com Reginald bem sucedida. Mainwaring partiu. Ele me trouxe a notícia da chegada de sua esposa. Que mulher tola! O que ela espera com tais manobras?
Mesmo assim, eu desejava que ela tivesse ficado em silêncio em Langford. Reginald estará um pouco irritado no início, mas no café da manhã tudo estará bem novamente.
Adeus.
S.V

Autora: Jane Austen
Tradução de: Bruna Tavares

sexta-feira, 27 de maio de 2011

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Raro Manuscrito de Jane Austen é Colocado à Venda

Um manuscrito incrivelmente raro de um romance inacabado da Jane Austen - o único que ainda está em mãos privadas - será leiloado em Londres.
O manuscrito é da obra inacabada "The Watsons", um romance que muitos acreditam que poderia facilmente ter sido tão bom como suas seis obras concluídas. As páginas do manuscrito estão cuidadosamente escritos, mas tem muitas correções.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Lady Susan - Carta 32 em Português

Sra. Johnson a Lady Susan
Edward Street.

Minha querida amiga – eu estou em grande agonia e não sei o que fazer. O Sr. De Courcy chegou exatamente quando não deveria. A Sra. Mainwaring tinha acabado de chegar aqui em casa e forçou-se na presença de seu guardião.
Entretanto, eu não soube de uma sílaba até mais tarde, pois eu estava fora quando ela e Reginald chegaram. Caso contrário, eu o teria mandado embora. Mas ela estava fechada com o Sr. Johnson, enquanto ele esperava por mim na sala de desenhos.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Lady Susan - Carta 31 em Português

Lady Susan a Sra. Johnson
Upper Seymour Street.

Minha querida amiga; aquela criatura atormentadora, Reginald, está aqui! Minha carta, que se destinava a mantê-lo por mais tempo no campo, apressou-o à cidade.
Por mais que eu deseje que ele esteja longe, no entanto, não posso deixar de ficar satisfeita com essa prova de apego. Ele é apegado a mim de alma e coração.
Ele próprio levará esta nota que lhe servirá de introdução a você, com quem ele deseja se familiarizar. Permita-lhe passar a noite com vocês para que eu não corra o risco de ele retornar aqui. Eu disse a ele que não estou muito bem e preciso ficar sozinha, e que se ele me visitar novamente pode haver confusão, pois é impossível confiar nos criados. Portanto, peço-lhe para mantê-lo em Edward Street.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Lady Susan - Carta 30 em Português

Lady Susan ao Sr. De Course
Upper Street Seymour.

Recebi sua carta, e apesar de não tentar esconder que estou gratificada com sua impaciência pela hora de nos encontrarmos, ainda me sinto na necessidade de adiar esse momento além do tempo inicialmente fixado. Não pense que sou cruel por tal exercício de meu poder, nem me acuse de instabilidade sem antes ouvir minhas razões.
No decurso de minha viagem de Churchill, eu tive muito tempo livre para refletir sobre a atual condição dos nossos assuntos, e cada análise tem servido para me convencer de que eles requerem uma delicadeza e cautela de conduta a que temos sido até agora pouco atentos.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Mansões de Orgulho e Preconceito: Netherfield Park

Hoje vamos continuar nossa viagem pelas locações de Orgulho e Preconceito.  Vamos conhecer agora as mansões usadas para representar Netherfield Park, a casa do Sr. Bingley.

Basildon Park